Panasonic prevê fechar ano fiscal no vermelho e demitirá 15 mil

A maior fabricante mundial de telas de plasma prevê fechar um total de 27 fábricas, 13 delas no Japão.

Agência O Globo – 4/2/2009 – 05h44

Tóquio, 4 fev (EFE).- A gigante japonesa da eletrônica Panasonic acabará com 15 mil postos de trabalho no mundo antes de março de 2010 devido à crise econômica, o que fez a empresa prever hoje que terá seu primeiro prejuízo líquido em oito anos no final do ano fiscal de 2008.

A maior fabricante mundial de telas de plasma prevê fechar um total de 27 fábricas, 13 delas no Japão, e registrar no ano fiscal 2008, que termina em março, perdas líquidas de 380 bilhões de ienes (US$ 4,244 bilhões).

A empresa, que recentemente mudou seu nome oficial de Matsushita para Panasonic, se une assim a outros grandes da eletrônica japonesa, como a Hitachi, em prever perdas anuais devido à queda da demanda e à valorização do iene

Fonte: Diário do Comércio