Panoz lança novo esportivo


Chamado Abruzzi Spirit of Le mans, modelo terá 81 unidades produzidas e distribuídas até 2013

Márcio Murta

A Panoz, empresa norte-americana de veículos esportivos fundada em 1989, divulgou nesta terça-feira (08) um novo modelo chamado Abruzzi Spirit of Le mans. O esportivo em questão terá apenas 81 unidades produzidas, de modo a representar o número das corridas de 24 Horas de Le Mans realizadas de 1923 até 2013, ano em que a as últimas unidades serão entregues.
Segundo a Panoz, o Abruzzi Spirit of Le mans será fabricado artesanalmente, conta com tração traseira e possui motor central dianteiro capaz de gerar mais de 600 cv de potência e 81,6 kgfm de torque. Nenhuma informação foi revelada, entretanto, sobre seu desempenho ou configuração. Para melhor arrefecimento, efeito aerodinâmico e distribuição de peso, o esportivo, cujo desenho foi inspirado nos veículos de corrida de Le Mans, terá o conjunto de radiadores do motor posicionado em sua traseira.
“A Panoz sempre se orgulhou de produzir veículos artesanais e entregar emoção e experiência diferenciadas para nossos clientes. Nosso novo veículo nos eleva a um nível completamente novo”, afirmou Dan Panoz., fundador da marca. De acordo com a empresa, desempenho não é o único foco do projeto, que apresenta como diferencial a carroceria feita de um novo composto chamado R.E.A.M.S (sigla em inglês para sistema de reciclagem e absorção de energia). O componente é mais leve que fibra de carbono e igualmente resistente. O material ainda é reciclável, ao contrário da fibra de carbono.
Aqueles que adquirirem um Abruzzi Spirit of Le Mans ganharão aula de pilotagem especial para se adequar ao comportamento do esportivo e receberão os veículos a cada ocasião anual da corrida francesa. O modelo, cujo preço ainda não foi revelado, está sendo homologado para circular na Europa, diversos países da Ásia, Oriente Médio e América do Sul.
A Panoz não tem representação oficial no Brasil, o que deixaria a venda do modelo no país por conta de importadores independentes.
Fonte: Terra Carro Online