Perda de receita, a má notícia na GM

O website Automotive News faz um diagnostico da situação global da GM e conclui que a pior notícia associada ao péssimo balanço de resultados no segundo trimestre do ano está no nível de suas receitas, que foram de US$ 19,8 bilhões – ou US$ 10 bilhões abaixo do mesmo período de 2007. “As receitas representam uma medida do avanço dos negócios” – disse Dave Cole, chairman do Center for Automotive Research, em Ann Arbor, Michigan. Em uma batalha pela sobrevivência, a corporação enfrentou todo tipo de problema nos últimos meses, incluindo a perda de produção durante a greve na American Axle, seu fornecedor. A queda na vendas das grandes picapes e utilitários esportivos, que trazem margens de lucro expressivas, tem sido decisiva na perda de receita. A solução parece óbvia: mudar o mix de produção, favorecendo veículos mais econômicos. Acontece que esse é o mesmo caminho que todas as demais fabricantes estão buscando. A GM prepara o lançamento de 19 novos veículos nos próximos dezoito meses – e 18 são carros ou crossovers, começando pelo Chevrolet Traverse. O plug-in Volt, híbrido que pode ter as baterias carregadas na tomada, estréia em 2010 e representa uma aposta da marca. Com o preço beirando os US$ 40 mil, no entanto, deve ser um veículo para baixo volume (6 de agosto).

Fonte: Automotive Business