Polo BlueGT combina esportividade e economia


da Redação

A Volkswagen mostra no Salão de Genebra que é possível aliar esportividade, economia e baixas emissões. A marca alemã apresenta na exposição suíça o Polo BlueGT, que se destaca por ser o primeiro automóvel da Volkswagen com sistema de desativação dos cilindros. As vendas do modelo no mercado europeu começam em julho.

O Polo BlueGT tem rodas de 17″, volante e bancos esportivos

O Polo BlueGT é equipado com o tradicional 1.4 TSI, utilizado em diversos modelos do Grupo Volkswagen. Com quatro cilindros, injeção direta de gasolina e turbocompressor, fornece 140 cv de potência capazes de levá-lo de 0 a 100 km/h em apenas 7,9 segundos e a uma velocidade máxima de 210 km/h. O câmbio pode ser manual de seis marchas, ou automatizado DSG, com sete velocidades e dupla embreagem.

Batizado ACT, o sistema de desativação dos cilindros desliga o segundo e o terceiro cilindros em situações de pouca demanda de potência e torque. Isso acontece entre 1.250 e 4.000 rpm e 2,54 e 10,19 kgfm de torque. Caso o motorista pressione o acelerador, os dois cilindros entram em operação imediatamente. Além disso, o esportivo tem sistemas Start&Stop – desliga e liga o motor automaticamente em paradas prolongadas – e de recuperação de energia.

Segundo a VW, o desligamento sob baixas ou médias exigências reduz o consumo em cerca de 0,4 litro por 100 quilômetros. Em velocidade constante, a 50 km/h, a economia pode chegar a um litro a cada 100 km. O Polo BlueGT tem consumo médio em ciclo europeu de 21,2 km/l com câmbio manual e 22,2 km/l com o DSG. As emissões de dióxido de carbono (CO2) também são baixas: 108 g/km (manual) e 105 g/km (DSG

Fonte: Interpress Motor