Primeira quinzena de janeiro somou 123 mil emplacamentos

GIOVANNA RIATO, AB

Ao contrário do que aconteceu no
ano passado, 2015 começou com ritmo fraco de vendas de veículos. Houve
retração de 21,6% nos emplacamentos da primeira quinzena de janeiro. Foram
licenciadas 123 mil unidades entre leves e pesados nos primeiros 10 dias úteis
do ano, segundo uma fonte com acesso aos dados do Renavam. No mesmo período de
2014 foram vendidos 157 mil carros. A queda profunda acontece sobre base de
comparação forte, já que em janeiro do ano passado o setor alcançou a melhor
marca história de vendas, com 312,6 mil veículos
.

A média diária de emplacamentos dos primeiros dias úteis de 2015 foi de 12,3
mil carros/dia. A última vez que o patamar chegou perto de ficar tão baixo foi
em julho do ano passado, quando os negócios foram afetados pela Copa do Mundo,
que tirou a atenção do consumidor da compra de bens duráveis e acrescentou mais
feriados ao calendário.

A contração severa das vendas vai na direção oposta da esperada. O ano começou
com uma série de promoções e ações de marketing para atrair o consumidor para
comprar os últimos carros com IPI reduzido das concessionárias. O incentivo foi
suspenso este ano e, desde o início de janeiro, a alíquota voltou a ser cobrada
integralmente, com exceção das unidades que já haviam sido faturadas no ano
passado.

Apesar do início conturbado, a Anfavea projeta estabilidade nas vendas em 2015.
A associação dos fabricantes de veículos acredita que o mercado interno se
manterá no mesmo nível de 2014, com cerca de 3,49 milhões de unidades.

Fonte: Automotive Business