Procon-MG investiga Ford por falhas em câmbio

 Caixa Powershift vem apresentando trepidação e outros problemas
REDAÇÃO AB
O grande número de queixas de consumidores levou o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor Procon-MG a instaurar uma investigação preliminar sobre problemas no câmbio automático Powershift, que no Brasil equipa os Ford EcoSport, Fiesta e Focus. As queixas se referem a barulho, trepidação, superaquecimento, falhas nas trocas da marcha, perda de força e consumo elevado de combustível. Segundo o promotor de Justiça Amauri Artimos da Matta, a investigação pretende apurar se a Ford está vendendo veículos defeituosos, se há riscos para o consumidor e se a rede está conseguindo sanar os problemas ocorridos. “Os mecânicos da Ford já reconhecem o problema e se limitam a dizer que a parte da engenharia da fabricante está procurando resolver o problema. Acontece que essa alegação já vem sendo apresentada aos donos dos veículos há quatro anos, desde a entrada do modelo no mercado nacional”, informa ao Procon o comprador de um New Fiesta 2011/12. “Já procurei a concessionária diversas vezes, que não soluciona o problema e culpa a montadora”, queixa-se o dono de um New Fiesta 2014/14. Para averiguar melhor os fatos, o órgão marcou audiência pública para ouvir os consumidores, a empresa e especialistas no assunto no dia 18 de fevereiro de 2016. O Procon-MG deu 30 dias para a Ford responder às reclamações dos consumidores, informar sobre a existência dos problemas relatados, suas causas, as medidas que estaria adotando para solucioná-los e comunicar eventual recall ou plano de ação para resolver esses problemas. Em resposta a Automotive Business, a Ford enviou o seguinte comunicado: “Alguns veículos da marca com transmissão PowerShift têm apresentado trepidação excessiva da embreagem da transmissão durante baixa aceleração. Essa trepidação pode ser decorrente da contaminação da embreagem pelo fluido da transmissão, causada por vazamento dos retentores do eixo de entrada. Não representa nenhum risco à segurança do veículo.” A Ford informa que estendeu a garantia dos retentores do eixo de entrada, da embreagem e a calibração do software da transmissão sequencial PowerShift de seis marchas para cinco anos ou 160 mil quilômetros, o que ocorrer primeiro. O benefício é transferido aos próximos donos em caso de venda. Essa extensão de garantia é válida para os New Fiesta 2013 e 2014 montados de 19 de outubro de 2012 a 30 de agosto de 2013, os EcoSport modelos 2013 e 2014, produzidos de 17 de maio de 2012 a 31 de agosto de 2013, e para os Focus 2014 produzidos de 29 de janeiro de 2013 a 30 de agosto de 2013, todos equipados com a transmissão PowerShift. Note que os carros cobertos pelo benefício foram montados o mais tardar em agosto de 2013. No entanto, o Procon de Minas Gerais tem vários relatos de consumidores com carros montados em 2014.
Fonte: Automotive Business