Produção industrial cresceu em setembro

A indústria automotiva contribuiu com o crescimento de 1,7% da produção industrial em setembro frente a agosto e no avanço de 9,8% na comparação com o mesmo mês de 2007, o resultado mais elevado desde abril, quando o avanço foi de 10%, de acordo com dados do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Vinte dos vinte e sete ramos analisados pela instituição tiveram aumento de agosto para setembro, sendo que a categoria de máquinas e equipamentos cresceu 9% na média global, depois de cair 0,2% na comparação dos meses imediatamente anteriores. Por categorias de uso o setor de bens de capital liderou o crescimento, com elevação de 3,7%.

O resultado mostra que a indústria brasileira não foi afetada no mês em que a crise financeira global se acentuou, após a quebra do banco estadunidense Lehman Brothers, no dia 14 de setembro. Vale lembrar que de julho para agosto a produção industrial havia caído 1,2% na medição feita pelo IBGE.

Na comparação com setembro de 2007 houve alta em 25 dos 27 ramos analisados, sendo que neste ano o mês teve três dias úteis a mais. O setor de veículos automotores cresceu 20,1%, sendo um dos que mais influiu no resultado positivo, puxando o ritmo de 14,9% de aumento produção de bens de consumos duráveis.
(Redação AutoData)

Fonte: Boletim Autodata