PSA registra recorde no 1º semestre


Puxado por emergentes, grupo francês registra volume de vendas inédito

da Redação

O grupo PSA Peugeot Citroën anunciou uma progressão de 16,9% em suas vendas mundiais. Tal desempenho contribuiu para o resultado de melhor 1º semestre da história da marca em volume de vendas, com 1.856.000 unidades comercializadas.

Os bons números foram puxados pelas boas vendas registradas em países emergentes, sendo a China o maior destaque com aumento de 27% em relação a 2009. A América Latina também “engrossou o caldo” e registrou números 11% superiores, com destaque para Brasil (+ 7%) e Argentina (+ 21%).

Apesar de a Europa apresentar um mercado globalmente estável, seus números foram bastante contrastados. Enquanto Espanha, França e Grã Bretanha apresentaram evoluções de 38%, 6% e 19% respectivamente, Europa Central e Oriental e Alemanha decaíram 13% e 27%.

Os números totais do primeiro semestre da PSA somam 1.856.000 veículos e unidades desmontadas vendidas. Dentro deste valor os modelos montados representam 1.618.000 unidades – aumento de 16,8% – e as unidades desmontadas 237.000 unidades, aumento de 18%.

Os bons números da marca francesa foram puxados pelo investimento em novos produtos. “Esse desempenho se baseia no sucesso dos modelos que lançamos recentemente: os Peugeot 3008, 5008 e RCZ, os Citroën DS3 e novo C3 na Europa, o Peugeot 408, os Citroën C4 e C5 na China e o Peugeot Hoggar na América Latina”, declarou Jean-Marc Gales, Diretor Mundial de Marcas da PSA Peugeot Citroën.

A fabricante francesa está otimista quanto ao segundo semestre do ano. Neste período o novo Citroën C4 inicia sua comercialização na Europa. Ainda na segunda metade do ano, no Salão do Automóvel de Paris em outubro, será apresentado o substituto do Peugeot 407. A PSA ainda espera ser a primeira fabricante europeia a comercializar carros elétricos no Velho Continente com o Peugeot iOn e o Citroën.

Fonte: UOL Carros