Público do Salão de Detroit cresce 3% e fecha com 735.370 visitas


Carsale – Após passar por um período de baixa, em decorrência da crise financeira mundial que afetou também os Estados Unidos e o segmento automobilístico em geral, o Salão do Automóvel de Detroit encerrou a edição 2011, no último domingo (23), com um volume de público superior ao de 2010. Segundo a organização da mostra, 735.370 pessoas compareceram ao evento, durante os 14 dias de realização. A quantidade de público cresceu cerca de 3% em relação à edição anterior, com 21.233 visitantes a mais.

Nos dois primeiros dias reservados, exclusivamente, à imprensa, o salão recebeu cinco mil jornalistas de 60 países. E nos dias destinados à indústria, compareceram 21 mil representantes de 23 países – cinco mil pessoas a mais que em 2010. Já o setor de serviços e comércio da região sudeste do Estado de Michigan, superou a expectativa de arrecadar US$ 350 milhões com hospedagem, transporte, entretenimento dos visitantes e acumulou US$ 375 milhões. Comparando com a arrecadação da edição 2010, foram arrecadados US$ 25 milhões a mais.

A tradicional festa beneficente da mostra, a Charity Preview, voltado para convidados especiais, acumulou US$ 2,6 milhões em doações, que serão destinados à instituições voltadas a assistência de crianças carentes do Estado de Michigan, e que tem o objetivo de ajudar 10.500 pessoas. A edição 2011 do Salão de Detroit revelou ao mundo 55 lançamentos, entre veículos totalmente novos e reestilizações. Este ano também foi marcado pelo retorno da Porsche, após três anos sem participar do evento e o anúncio da volta da Nissan, programada para 2012.

Fonte: Carsale