Rede Bull exibe proposta de cockpit com para-brisa na Fórmula 1

 Conceito difere do Halo, da Mercedes-Benz, que é totalmente aberto. F-1 terá reforço na proteção à cabeça do piloto em 2017Por Alessandro ReisA organização da Fórmula 1 já anunciou que vai implementar, a partir da temporada de 2017, uma inédita proteção para a cabeça dos pilotos, de forma a reduzir o risco de lesões graves e mortes na categoria. Muitas propostas estão em análise, com destaque para o sistema Halo, desenvolvido pela Mercedes-Benz e que foi testado pela Ferrari há poucos dias em Barcelona, Espanha.Halo foi testado pela Ferrari em Barcelona no começo deste mês.Enquanto o Halo consiste em um arco aberto sobre a cabeça do piloto, com braços projetados das laterais até uma barra na frente do cockpit, a Red Bull acaba de apresentar um conceito um pouco diferente, que cerca toda a área em torno do capacete, exceto a parte superior, com uma espécie de para-brisa de acrílico.O conceito da Red Bull traz, como o Halo, um arco envolvendo a cabeça do piloto, mas, em frente ao cockpit, a estrutura é apoiada em duas barras, posicionadas nas extremidades da carroceria e não no centro dela. Segundo a escuderia, o projeto, assinado por Giorgio Pilla, proporciona maior visibilidade ao esportista, além de ser mais eficiente no quesito proteção.Visualmente, a proposta apresentada pela Red Bull lembra a cabine de um avião caça e se integra de forma mais harmônica ao visual dos monopostos da F-1. No entanto, a ideia ainda precisa ser desenvolvida para lidar com desafios como condensação de água no interior do cockpit e maior resistência aerodinâmica.    
Fonte: Auto Estrada