Relação entre Fiat e Tata esfria na Índia

                                             Joint-venture deve ser fechada em breve devido a baixas vendas

Tata Motors e Fiat são parceiras há tempo na Índia. No entanto, a relação entre as duas gigantes automotivas parece ter se esfriado. Segundo o blog Indians Auto, as baixas vendas da joint-venture formada pela dupla estariam afetando negativamente o vínculo. O CEO do grupo italiano, Sergio Marchionne, já afirmou estar insatisfeito com as operações da empresa por lá e deve pressionar os representantes locais para ter mudanças no quadro.

De acordo com informações do site indiano, as vendas da Fiat caíram 15% em 2010, em relação ao desempenho de 2009, enquanto o mercado local teve larga expansão. Por isso, Marchionne, que aponta “a má distribuição dos produtos” como responsáveis pelo desempenho ruim no país, pretende abrir uma rede de lojas própria para a marca de Turim. De quebra, quer investir em veículos como o Punto para crescer. Já um diretor da Tata Motors teria dito na imprensa que a gigante oriental também está insatisfeita com a situação.

Por isso, os rumores de que a joint-venture entre a dupla deve ser fechada em alguns meses crescem a cada dia e é provável que o anúncio seja feito em poucas semanas.

Texto: Matheus Q.Pera

Edição/Revisão: Bruno Vieira

Fonte: Auto Diário