Renault anula parceria com indiana Mahindra

Renault Logan
Produção do Logan na Índia será mantida pela Mahindra & Mahindra

Márcio Murta

A Renault anunciou nesta sexta-feira (16) que está reestruturando sua parceria com a empresa indiana Mahindra & Mahindra. A operação conjunta das marcas, firmada em 2005, custou US$ 169 milhões (R$ 298 milhões) e teve como objetivo principal fabricar o Logan no país asiático.

Apesar de não tratar o assunto como uma rescisão do contrato, a Renault se separará da marca indiana, a qual por questões contratuais manterá a oferta do Logan sob a bandeira da empresa francesa até o fim de 2010. Após o período, a marca indiana poderá realizar alterações leves no modelo e vendê-lo como seu próprio veículo. A Renault informou que manterá o compromisso de fornecer materiais primários como motores, câmbios e peças de reposição para a Mahindra por 5 anos. “A Renault está completamente comprometida com o sucesso do Logan na Índia, onde atingiu um alto nível de satisfação do cliente. Nós continuaremos a estender nosso suporte para a Mahindra, de modo a ajudá-la a ganhar perticipação no mercado”, declarou a marca francesa.

Já Pawa Goenka, presidente do setor automotivo da Mahindra, afirmou para a agência de notícias Reuters que a empresa “avalia como poderá contornar a situação”. “Nós acreditamos mutuamente que o Logan será mais bem sucedido se ele for vendido completamente sobre a bandeira da Mahindra & Mahindra”, acrescenta o executivo.

O Logan começou a ser comercializado na índia em 2007, porém suas vendas apresentaram baixas constantes desde que passou a receber taxações extras por possuir mais de 4 metros de comprimento. Entre o ano de seu lançamento até 2008, de acordo com o informativo Automotive News, o modelo vendeu 25.891 unidades na India, enquanto de 2008 para 2009 o volume caiu para 13.423 unidades. De 2009 a 2010 apenas 5.332 exemplares do Logan foram vendidos na Índia.

Fonte: Terra Carro Online