Renault apresenta Mégane GT Line

Renault Megane GT Line
Modelos estarão disponíveis em três versões e com duas motorizações

do AutoMotor/Portugal
exclusivo para MotorDream

Apresentado pela primeira vez na última edição do Salão de Genebra, o Mégane GT Line – desenvolvido pela Renault Sport Technologies – está agora disponível nas versões sedã, coupê e Sport Tourer, e trazem duas opções de motores: 1.4 TCe capaz de gerar 130 cv e 1.5 dCi com potência de 110 cv.

Por fora chamam atenção os para-choques mais agressivos. No dianteiro a entrada de ar central foi redesenhada e é sublinhada por uma travessa em preto brilhante. Já no traseiro, a parte inferior é da cor da carroceria e integra um difusor aerodinâmico. Outros destaques externos são os faróis de neblina – com moldura na tonalidade “Dark Metal”, a mesma utilizada nas rodas e nos retrovisores -, máscaras negras nos faróis e rodas de liga leve de 17 polegadas “Celsium”.

Por dentro, além das siglas GT Line visíveis no painel, há ainda pedais de alumínio e quadro de instrumentos com conta-giros analógico em fundo branco, saídas de ar laterais e frisos no painel. Os bancos são os mesmos do Mégane RS, mas com novo acabamento.

Para destacar o caráter esportivo desta versão, a Renault equipou o Mégane GT Line com chassis Sport. O modelo custará, na opção cinco portas e com motor TCe, 23.550 euros, o equivalente a R$ 51,4 mil, já com o propulsor dCi, o preço sobe para 26.500 euros, o mesmo que R$ 58 mil. As versões coupê partem de 24.200 euros e 27.150 euros, R$ 53 mil e R$ 60 mil respectivamente, para os modelos TCe 130 e dCi 110. A versão Sport Tourer, estará disponível por 24.650 euros, ou R$ 54 mil, na motorização TCe 130 e 27.700 euros, cerca de R$ 60,5 mil, na motorização dCi 110.

Entre os opcionais há uma novidade. O câmbio automático com dupla embreagem – EDC – para o motor 1.5 dCi. O opcional estará disponível a princípio apenas na versão coupê pelo preço de 1.200 euros, cerca de R$ 2.600.

Fonte: Motor Dream