Renault no Brasil só perderá para francesa

                                             Jean-Michel Jalinier, presidente da Renault pFabricante espera vender 200 mil veículos em 2011.

Redação AB

Até o fim deste ano, a Renault estima vender 200 mil veículos no Brasil, o que colocará o País como segundo maior mercado da marca, atrás apenas da França e tomando o posto ocupado pela Alemanha.

A previsão é do presidente da empresa no Brasil, Jean-Michel Jalinier, e supera a expectativa do dirigente mundial da marca, Carlos Ghosn, que estimou que o Brasil chegaria em 2013 a esse posto.

Com maior peso no grupo, a Renault do Brasil obteve mais liberdade de projeto nos carros a ser vendidos aqui. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Jalinier deixou claro que os próximos lançamentos terão boa dose de interferência da engenharia e do centro de design da empresa no Brasil.

Isso vale para o Renault Duster, utilitário esportivo que chega este ano para concorrer com o Ford EcoSport. Jalinier afirmou que o carro terá modificações externas e principalmente no acabamento interno, como painel e bancos.

Com informações de O Estado de S. Paulo.

Fonte: Automotive Business