Renault Samsung fechará pela primeira vez linha de montagem sul-coreana

da Efe, em Seul

A fabricante de veículos Renault Samsung anunciou nesta terça-feira que fechará pela primeira vez sua única fábrica com linha de montagem na Coréia do Sul, devido à queda das vendas de veículos causada pela crise econômica mundial, informou a agência local de notícias Yonhap.

A fabrica da Renault Samsung no sudeste do país, que produz os modelos SM7, SM5 e QM5, permanecerá fechada entre os dias 24 de dezembro e 4 de janeiro. No entanto, os 2.700 trabalhadores da fábrica continuarão recebendo seus salários durante os dias de paralisação, segundo a própria empresa.

Trata-se do primeiro fechamento desta fábrica desde que a Renault adquiriu 80,1% da Samsung Motor, em setembro de 2000.

Segundo fontes oficiais da Renault Samsung citadas pela Yonhap, a produção será retomada no começo do ano que vem”.

A companhia não quis revelar quanto dinheiro perderá com esse fechamento temporário.

A fabricante de veículos já tinha anunciado em 10 de dezembro a suspensão da produção da fábrica por três dias, devido à queda das vendas, mas não chegou a fechar suas instalações.

Em novembro, as exportações da Renault Samsung caíram 40,2% em comparação com o mês anterior. Além disso, suas vendas no mercado doméstico despencaram 30,6% no mesmo período.

A Renault Samsung ainda estuda a possibilidade de cortar 600 postos de trabalho em seus escritórios mediante a proposta de aposentadorias antecipadas voluntárias, segundo a Yonhap.

Fonte: Folha online