Revendas prevêem um ano ruim em 2009

A Fenabrave (entidade que representa cinco mil revendas autorizadas no país) refez as suas projeções de vendas de automóveis e comerciais leves com base em emplacamentos para 2009 e prevê queda de 19% sobre 2008.
Segundo as novas estimativas, serão comercializados no próximo ano um total de 2.155.000 de automóveis e comerciais leves, contra 2.661.046 unidades previstas para 2008, ano que terá crescimento acumulado de 13% sobre 2007.

No início de 2008, a entidade havia previsto crescimento de 20% para o ano. “A média de vendas caiu muito nos últimos três meses deste ano, após o anúncio da crise internacional e suas conseqüências sobre o crédito para financiamentos. Passamos de uma média de 252 mil automóveis e comerciais leves emplacados no terceiro trimestre de 2008 para uma média de 170 mil no último trimestre do ano (considerando a projeção para fechamento de dezembro)”, informa Sérgio Reze, presidente da Fenabrave.

Fonte: Auto Estrada