Rumor: VW pode comprar Alfa Romeo


Grupo pode fechar Seat e transformá-la na marca italiana, que hoje pertence a Fiat

Thiago Vinholes

A Volkswagen segue ousada em seu plano de se tornar a maior fabricante do mundo em vendas e lucratividade até 2018. O novo passo do grupo alemão, segundo reportagem da agência Automotive News Europe, é a intenção de adquirir a Alfa Romeo, que hoje é uma das marcas do Grupo Fiat. Nenhuma das partes, porém, ainda se pronunciou sobre a especulação.

Em abril deste ano, Sergio Marchionne, CEO do grupo Fiat, divulgou o plano de transformar a Alfa Romeo em uma marca “full-line premium” (com atuação em vários segmentos) até 2014, o que implicaria no lançamento de até seis novos modelos, entre hatches, sedãs e um inédito SUV. A medida permitiria também a marca do trevo de quatro folhas aumentar sua produção para mais de 500.000 carros por ano.

Para viabilizar tal ação de expansão, porém, o grupo Fiat ainda tem de levantar mais fundos. É neste momento que a Volkswagen entra. Com a Alfa Romeo mais forte (a marca está em baixa há mais de 10 anos), a VW teria mais um pólo de crescimento. A publicação ainda aponta uma estratégia arrojada do grupo alemão, que pode encerrar a endividada Seat e transformá-la na nova Alfa Romeo com uma linha mais variada de automóveis.

O interesse da Volks na Alfa Romeo não é de hoje. Segundo revelou uma fonte não identificada pela publicação, o grupo baseado em Wolfsburg já vinha sondando a Alfa desde o início de 2009. Uma curiosidade é que a VW possui dois ex-executivos da Alfa em seus mais altos cargos, são eles Walter de Silva e Luca De Meo, que já chefiaram os setores de design e marketing, respectivamente, da marca italiana.
Fonte: Terra Carro Online