Schneider: “Brasil tem ferramentas para enfrentar crise”

Agência AutoInforme – O presidente da Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Jackson Schneider, mostrou um panorama bastante tranqüilo hoje (6) pela manhã, em coletiva à imprensa, afirmando que vamos sentir o impacto da crise internacional, isso vamos, mas temos ferramentas suficientes para enfrentar os problemas. A situação hoje é bem diferente das crises de outros tempos.

Não querendo fazer previsões, Jackson Schneider, falou do que está acontecendo atualmente, com o mercado aquecido e uma política econômica do Brasil forte, que está pronta para enfrentar os obstáculos. Ele disse:

É claro que não dá para ter uma diretriz com apenas três dias de vendas, mas outubro já mostra um crescimento em relação a setembro. É cedo para fazer avaliação, mas o retrato de hoje é de crescimento.

Fazendo uma avaliação do setor, o presidente da Anfavea afirmou que os Estados Unidos devem ter uma desaceleração nestes dois anos, como a Europa também deve ter problemas. Outros países também estão caindo muito, mas temos a China que ainda não sentiu o impacto. A China pode até crescer menos, mas vai crescer.

Para este ano Jackson Schneider manteve as previsões de um aumento de 24,2% de vendas em relação ao ano passado. Quanto aos investimentos anunciados, ele disse que serão mantidos:

Os investimentos de US$ 23 bilhões até 2011 serão mantidos porque quando se toma uma decisão para investir em um país, ela vem sendo estuda há muito tempo, não é algo momentâneo. Não se decide na emoção. A decisão de investir no Brasil foi tomada pela lógica estrutural da economia brasileira. Nós temos convicção que o Brasil vai crescer no ano que vem, encerrou.

Fonte: Auto Informe