Separação entre lifan e Effa já fechou 10 lojas

                                             Atuação das asiáticas é posta em cheque no país

O fim da parceria entre a asiática Lifan e a Effa Motors está afetando a rede de concessionárias da marca chinesa. Com a separação em andamento, pelo menos 10 lojas da empresa encerraram as atividades. Não se sabe se elas voltarão a operar após o novo comando da marca chinesa.

O fechamento das revendas se deve pelo fim da aliança chino-brasileira. Os representantes tupiniquins não serão mais responsáveis pela atuação da Lifan por aqui e a companhia oriental ainda estuda como será seu futuro no País. Há ainda problemas em termos fabris, além dos comerciais, que colocam em dúvida a atuação da asiática por aqui.

Responsável pelas operações locais da Lifan, a Effa possui uma fábrica no Uruguai em parceria com os asiáticos. De lá vinham os compactos 320 e 620, que agora estão parados nos pátios. Os planos incluiam uma planta no Brasil.

Fonte: Carsale
Texto: Matheus Q. Pera

Fonte: Auto Diário