Sexta geração do Golf pode chegar ao Brasil

Não existe nada ainda confirmado, mas há possibilidade da nova versão do Golf, que estará no Salão do Automóvel de Paris, desembarcar em terras tupiniquins. Sucessor do Golf V e do Vento, o carro pode ser fabricado na Volkswagen mexicana. Isto abriria automaticamente as portas para chegar ao Mercosul com tarifa zero de importação, como aconteceu com o Bora, Vento e Nissan Tiida. Na Europa, o Golf chega com três e cinco portas, equipado com o novo motor de TFSI 1.6 litros de 200 cv e 1.4 litros TSI de 150 cv (Fast Driver, 12 de setembro).

Fonte: Automotive Business