Shelby GT 350 pode ser último da linha

Carrol Shelby ao lado do Mustang Shelby GT350
Série de esportivos com assinatura de Carrol Shelby poderá chegar ao fim

Da redação

Com cerca de 40% menos funcionários depois da onda de demissões na fábrica da Shelby, em Las Vegas (EUA), o já idoso Carrol Shelby, fundador da marca e ex-piloto nascido no Texas, (EUA) acredita que, pelo ritmo atual, o Mustang Shelby GT 350 pode ser o último carro que leva seu nome. Pelo menos por enquanto, o principal plano da empresa é produzir menos carros e vender mais peças. Os números mostram que apesar do lucro com carros inteiros estar bem difícil, os ganhos com peças vêm crescendo cerca de 20%.

O novo Mustang GT 350 é a versão sobrealimentada do GT. Vem com várias mudanças nos sistemas de suspensão e de freios, entre outros itens. Será produzido em volume baixo e terá algumas unidades voltadas para competição, mas sem compressor volumétrico no motor. Tem chances de se tornar um marco na história da grife dos modelos preparados da Ford.

Fonte: Auto Esporte