Sistema stop-start será comum até 2020

Tecla Eco no Smart ForTwo aciona o sistema
Estimativa aponta que um terço dos modelos vendidos terão o equipamento

Da redação

Tecla Eco no Smart ForTwo aciona o sistema stop-startVisto pela maioria das fabricantes como um recurso extra para economizar um pouco de combustível com um custo bem mais baixo do que se gastaria com um sistema híbrido, o stop-start vai se tornar um equipamento comum até 2020, segundo o instituto de pesquisas Pike Research. Estima-se que dentro de oito anos o volume de veículos equipados com este recurso vai se multiplicar por 100, chegando a 37,7 milhões de unidades por ano.

O sistema será encontrado em escalas diferentes dependendo da região pesquisada. Na Europa, onde existe maior preocupação com o meio ambiente, mais de vinte modelos já estão disponíveis com start-stop. Nos Estados Unidos, a ideia de instalar o equipamento tem mais resistência por causa da preferência pelos sistemas híbridos. No mundo, em 2017, para cada híbrido vendido, 16 modelos com start-stop serão faturados.

Fonte: Auto Esporte