Suzuki: Kizashi e Swift ganham tração integral

                                             Empresa japonesa divulgou detalhes sobre os modelos Swift e Kazahi com tração integral

Ícaro Bedani – foto: divulgação

Em busca de aumento nas vendas no mercado europeu, a Suzuki lançará na Alemanha uma nova versão do Swift supermini e Kizashi sedã com tração integral. Embora os veículos ainda não têm data prevista para chegar às concessionárias alemãs, os detalhes sobre a motorização de cada um e seus valores estimados já foram revelados por sites internacionais especializados.

O Swift 4×4 será oferecido exclusivamente com motor 1.2 de 94 cv de potência, ligado a uma transmissão manual de 5 marchas. Conforme informações divulgadas, o modelo pode percorrer 14,9 km/l em perímetro urbano e 20,4 km/l em ciclo rodoviário, alcançando a média combinada de 18,1 km/l, enquanto sua taxa de emissão é de 129 g/km de CO2.

Com o sistema chamado i-AWD (tração integral inteligente), que permite ao motorista selecionar tração integral ou somente a tração dianteira por meio de um botão no painel, o Kizashi sedã dispõe de um motor 2.4 a gasolina de 178 cv de potência que trabalha em conjunto com um câmbio CVT. De acordo com os dados revelados, o sedã tem um consumo médio de 11,3 km/l e emite 191 g/km de CO2.

Na Alemanha, o Kizashi parte de US$ 41.000 (R$ 68.470 sem impostos brasileiros ou taxas de importação) e traz de série ar-condicionado de duas zonas, faróis de Xenon, entre outros. Já o Swift pode ser adquirido por U$$ 21.000 (R$ 35.490) e é equipado com ar-condicionado e MP3 de série. Nenhuma informação foi divulgada se os modelos serão comercializados na américa latina. Confira as fotos das novidades acima.

Fonte: Carro Online