Tata Motors lucra US$ 4,6 milhões no trimestre


A indiana Tata Motors saiu de prejuízo para lucro em seu segundo trimestre fiscal deste ano, ajudada por vendas de veículos maiores e por cortes de custos em sua unidade de luxo Jaguar-Land Rover.

A maior montadora da Índia em vendas teve lucro líquido consolidado de 217,8 milhões de rupias (US$ 4,6 milhões) nos três meses encerrados em 30 de setembro, em comparação com o prejuízo líquido de 9,42 bilhões de rupias registrado no mesmo período de 2008.

As vendas consolidadas, porém, caíram 8,5% na mesma base de comparação, para 208,89 bilhões de rupias (US$ 4,5 bilhões), de 228,25 bilhões de rupias. O lucro operacional da companhia no período subiu 1,06%, para 15,92 bilhões de rupias (US$ 341 milhões).

A lucratividade da Tata Motors também recebeu impulso de um declínio de 13% nos custos das matérias-primas, como aço, para 119,30 bilhões de rupias. Além disso, a montadora atribuiu o lucro do segundo trimestre fiscal à “forte recuperação das operações indianas”, que registraram lucro operacional de 10,65 bilhões de rupias no período.

Os resultados consolidados incluem as marcas britânicas Jaguar e Land Rover, compradas da Ford Motor em junho do ano passado, por US$ 2,3 bilhões. Em setembro, a unidade que compreende as duas marcas afirmou que fechará uma de suas duas fábricas em Birmingham, na Inglaterra, nos próximos cinco anos. A unidade cortou sua produção anual em 100 mil veículos no último ano, eliminou 2,5 mil empregos, congelou pagamentos e descartou bônus em meio à desaceleração da demanda. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Danielle Chaves, Agência Estado.

Fonte: Automotive Business