Híbrida, nova Ford Transit pode fazer até 30 km/l

Com uma nova estratégia voltada para picapes e SUVs nos Estados Unidos, a Ford começa a investir na eletrificação dos seus modelos na Europa. Após revelar a nova geração do crossover Escape para os norte-americanos, a marca apresentou aos europeus as vans híbridas Transit Custom (carga) e Tourneo Custom (passageiros).





Ambas são movidas pelo motor EcoBoost 1.0 turbo de três cilindros a gasolina, que também funciona como um gerador de eletricidade para as baterias de íons de lítio que alimentam um propulsor instalado nas rodas dianteiras. O conjunto híbrido gera 126 cv de potência e 36,2 kgfm de torque.

Além da energia fornecida pelo gerador acoplado ao motor a combustão e dos freios regenerativos, as baterias também podem ser totalmente recarregadas em tomadas domésticas de 240 volts e 10 amperes durante cinco horas e meia. Em instalações de 240 volts e 16 amperes, o tempo de recarga cai para três horas.

De acordo com a Ford, as vans podem rodar 50 quilômetros no modo totalmente elétrico. O consumo divulgado de gasolina é de impressionantes 30,3 km/l – média provavelmente aferida em percurso urbano, onde prevalece o uso do motor elétrico. A autonomia pode chegar a 500 km.

A marca diz que as baterias instaladas no assoalho não afetam o espaço interno das vans. No caso da Tourneo Custom, há oito lugares dispostos em duas fileiras de bancos na parte traseira do veículo.

Outra novidade prometida pela Ford é a versão elétrica da Transit, prevista para estrear no mercado europeu em 2021. A marca não divulgou detalhes técnicos, mas afirmou que o modelo terá capacidade de carga de duas toneladas.

Fotos: Divulgação

O post Híbrida, nova Ford Transit pode fazer até 30 km/l apareceu primeiro em Carsale.