Terceira geração do Mini Conversível é revelada na Europa

 Modelo de capota retrátil fica maior e ganha outras novidades já incorporadas por outras versões do compacto premium
Por Alessandro Reis
Aos poucos, a Mini vai renovando a sua família de veículos após a versão hatch chegar à terceira geração, à venda no Brasil desde meados de 2014. Agora é a vez do Mini Convertible conversível ser atualizado, primeiramente na Europa e cuja chegada ao mercado brasileiro está prevista até o fim do primeiro semestre de 2016.
Principal atração da Mini no Salão de Tóquio Japão, que abre as portas ao público na próxima semana, o Convertible, também chamado de Cabrio, terá na Europa preços começando em 18.475 libras cerca de R$ 110,7 mil, sem contar os custos de importação, enquanto a segunda geração do modelo está à venda aqui por aproximadamente R$ 140 mil.
Apresentação oficial acontece na semana que vem no Salão de Tóquio, no Japão
Assim como aconteceu com o Mini hatch, as principais novidades do conversível são o tamanho maior e os motores renovados. São 9,8 cm a mais no comprimento na comparação com o antecessor, chegando a 3,82 m. Na largura, cresceu 4,4 cm, totalizando 1,73 m, enquanto a altura ganhou um acréscimo de 0,7 cm, medindo agora 1,41 m.
Esse crescimento, naturalmente, ampliou o espaço aos passageiros na cabine e também para a bagagem: o porta-malas teve a capacidade ampliada em 25%, levando até 160 litros com a capota recolhida e 215 litros com ela acionada. Por falar nela, o teto retrátil mantém a construção de lona e o acionamento elétrico acontece em 18 segundos, tanto para abrir quanto para fechar. A operação pode ser realizada em velocidade de até 30 km/h.
Quanto à mecânica, lá fora estarão disponíveis os motores 1.5 turbo tricilíndrico a gasolina de 136 cv, 1.5 turbodisel de três cilindros e 116 cv e 2.0 turbinado, também a gasolina, de 192 cv de potência, que irá equipar a versão S, esportiva – a que deve ser exportada para o Brasil. O Mini Convertible atualmente comercializado aqui é oferecido justamente na configuração S, que traz sob o capô propulsor 1.6 turbo de 184 cv.
Fonte: Auto Estrada