Toyota divulga mais detalhes do FT86


da Redação

A Toyota apresentou oficialmente a versão de produção do esportivo FT-86. O carro apresentado no Salão de Genebra já exibia grande parte do desenho final do modelo, que sofreu apenas mudanças pequenas para chegar às concessionárias.

Segundo a engenharia da Toyota, o carro produz pouco mais de 200 cv enviados às rodas traseiras através de um diferencial com escorregamento limitado. Os dados de consumo, potência definitiva e torque ainda estão em fase de acerto, pois o motor é de origem Subaru, mas afinado pela Toyota para equipar o carro. O quatro cilindros boxer recebeu a injeção D4-S da Toyota, um complexo sistema que integra injeção direta e indireta para extrair a melhor eficiência possível do bloco. O resultado é o aumento da potência e torque, além de redução nas emissões e consumo de combustível. A Yamaha também particiou da montagem do motor, com o desenho da cabeça dos cilindros.

O câmbio pode ser manual ou automático, sempre com seis marchas. A primeira opção oferece trocas rápidas, com pouco movimento na alavanca, enquanto o automático permite mudanças no volante. O conjunto promete levar o carro aos 100 km/h em até 7 segundos e uma velocidade máxima de 225 km/h.

A configuração de motor dianteiro e tração traseira foi projetada para oferecer o máximo de estabilidade e segurança, para uma pilotagem rápida. Além disso, o equilíbrio do modelo é fruto do baixo centro de gravidade e as dimensões compactas. Também existem rumores sobre uma versão ainda mais forte, com cerca de 275 cv.

O FT86 é oferecido com vários pacotes de performance, onde não está descartada uma versão de corrida para as ruas. Os preços devem começar na casa dos 30 mil euros – cerca de R$ 70 mil. O principal concorrente deverá ser o Volkswagen Scirocco, mas com diferencias cruciais, como o projeto e plataforma exclusivas e voltadas para esportividade, além da tração traseira.

A Toyota espera vender até 60 mil unidades do FT86 na Europa durante seu ciclo de vida. Para a Inglaterra estão reservadas de 3 a 4 mil carros

Fonte: UOL Carros