Toyota suspende exportações ao Irã


Da AFP

A Toyota Motor, maior montadora do Japão, anunciou nesta quarta-feira a suspensão das exportações veículos ao Irã, em aplicação às sanções internacionais pela política nuclear de Teerã.

“Interrompemos nossas remessas com destino ao Irã, levando em consideração a situação internacional”, afirma a empresa em um comunicado.

“A Toyota considerou que se continuasse exportando para o Irã, nos momentos em que acabam de ser reforçadas as medidas de represália, seria difícil para a marca evitar consequências prejudiciais nos Estados Unidos”, destaca o jornal econômico Nikkei.

O mercado americano é muito importante para a Toyota, já que as vendas da montadora nos Estados Unidos são superiores às registradas no Japão. As vendas aumentaram quase 40% no segundo trimestre do ano na comparação com o mesmo período de 2009.

No Irã, as vendas são muito limitadas: a Toyota exportou ao Irã 4 mil veículos em 2008, 250 em 209 e 220 de janeiro a maio deste ano. A decisão voluntária pode ser imitada por outras empresas japonesas.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou em 9 de junho novas sanções, militares e financeiras, contra o Irã pelas atividades de enriquecimento de urânio do país, apesar da oposição de Brasil e Turquia, que defendiam um acordo com os iranianos.

Apesar da contrariedade, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva assinou na terça-feira o decreto que adota as sanções impostas pela ONU

Fonte: Diário do Grande ABC