UBS, o maior banco suíço, vai demitir cerca de 9 mil funcionários

AFP/Getty Images
Segundo o presidente do UBS, Oswald grubel, a tentativa é de recuperar a entidade em meio à crise mundial.

Vera Gomes/CNN – 15/4/2009 – 06h12

De acordo com informações da rede de televisão CNN, o presidente do UBS, Oswald Grubel, anunciou, nesta quarta-feira, em Zurique, que irá demitir cerca de nove mil funcionários, devido à crise econômica mundial.

“Será uma longa estrada de volta ao sucesso e sem reparos rápidos. No entanto, vamos seguir em frente com rigor e disciplina”, disse Grubel.

Os resultados dos primeiros quatro meses não serão anunciados até o dia 5 maio, mas há previsão de prejuízo de US$ 1,75 bilhão. O UBS já acumula perdas de US$ 17 bilhões em 2008.

Grubel classificou as medidas a serem tomadas como “drásticas”, já que o banco reduzirá o número de funcionários de 76,2 mil para 67,5 mil em 2010. Anteriormente, a empresa já havia demitido 2 mil empregados.

Fonte: Diário do Comércio