Usadas, elas atraem por ter preço e seguro mais em conta

O Estado de S.Paulo

No mercado de usados, os modelos com motores de ciclo Otto vendem muito bem, segundo lojistas da cidade. Além de custarem menos que versões equivalentes a diesel, esses veículos têm seguro e manutenção mais em conta. “Hoje nossos clientes procuram as opções a gasolina e bicombustíveis, que são baratas e bem equipadas”, afirma Fernando Di Giorgio, gerente da AG Pick-ups (2911-0944), loja que fica na Vila Prudente, zona leste, e é especializada nesse tipo de veículo.

Já Sergio Rodrigues Miranda, gerente de vendas da Paulinho Automóveis (2221-6611), loja de picapes usadas e veículos 4×4 em Santana, zona norte, explica que se o cliente é do interior, procura por modelos a diesel e se é da capital, quer um a gasolina ou flexível. “A primeira coisa que todos olham é o preço do veículo. Em segundo lugar, o do seguro e, por último, os consumidores querem saber a média de valores cobrados na manutenção.”

Segundo informações da Porto Seguro, o fato de o veículo a diesel ter preço maior do que o do a gasolina já define as diferenças entre os valores das apólices. E a franquia de uma picape a diesel também é maior porque esse tipo de motor pode ser usado como gerador de energia elétrica, por exemplo, o que aumenta os índices de roubo e furto.

Fonte: O Estado de São Paulo