Venda de carros usados em SP cai 11% em dezembro

Na comparação com dezembro de 2007, a queda foi de 15,92%.

Reuters

SÃO PAULO – A venda de carros usados no Estado de São Paulo teve queda de 11,08% em dezembro em relação ao mês de novembro, de acordo com os números divulgados nesta quarta-feira (14) pela Associação dos Revendedores de Veículos Automotores no Estado de São Paulo (Assovesp) e pelo Sindicato de Comércio Varejista de Veículos Usados do Estado de São Paulo (Sindiauto).

Ao todo, foram negociados 135.426 veículos usados, número inferior ao de novembro (152.299 negócios). A queda é ainda é maior em comparação a outubro (163.321 negócios), quando a crise financeira começou a mostrar seus efeitos no país.

Na comparação com dezembro de 2007, a queda foi de 15,92%.

Das vendas realizadas, 70,4% foram com carros populares. Em dezembro, 56% dos negócios foram financiados contra 59% em novembro. Prazo médio do financiamento foi de 43 meses em dezembro contra 47 no mês de novembro.

De acordo com a associação, os carros, em média, desvalorizaram 5,13% no mês de dezembro. Os carros populares desvalorizaram 6,32%, os importados 4,16%, os carros somente a álcool desvalorizaram 3,15%, e os carros tipo flex desvalorizaram 4,52%.

Balanço do ano

Apesar da queda das vendas impulsionadas pela crise, o ano de 2008 fechou com 2.045.218 unidades vendidas: uma alta de 27,32% em relação ao ano de 2007.

Já os carros apresentaram desvalorização de 7,07%. Ao todo, foram 2.045.218 negócios com veículos automotores; bem abaixo das expectativas iniciais de 2,2 milhões. Do total de negócios, 69,6% foram realizados com veículos populares, que somaram 1.423.937 veículos.

Valorização das marcas

Das quatro principais marcas de veículos, a Fiat foi a que apresentou a menor desvalorização média: 3,30%. Em seguida, vem a Volks, com desvalorização de 5,24%, GM (8,27%) e Ford (11,66%).

Motos

Enquanto isso, o mercado de motos mostrou acompanhou o de carros. Foi estimado um total de 7.462 negócios com motos em dezembro contra 7.979 em novembro; o que representa um recuo de 6,48%.

Em contrapartida, 42% dos negócios com motos foram financiados em dezembro contra 30% em novembro. O prazo médio de financiamento foi de 34 meses em dezembro contra 24 em novembro. As motos usadas desvalorizaram, em média, 4,11% em dezembro.

No acumulado do ano, o mercado também encolheu com um total de 109.188 negócios contra 111.392 em 2007: uma queda de 1,98%.

As motos tiveram uma desvalorização média de 8,46% no ano

Fonte: Diário do Comércio