Venda de motos acumula queda de 10,9%

 Segmento vem sofrendo retração seguida dos emplacamentos desde 2012REDAÇÃO ABO mercado brasileiro de motos acumulou mais um ano de retração, o quarto consecutivo desde 2012. Com 1,27 milhão de unidades emplacadas em 2015, houve queda de 10,9% em comparação a 2014, segundo números do Registro Nacional de Veículos Renavam divulgados na quarta-feira, 6, pela Fenabrave, entidade que reúne os concessionários.  O mês de dezembro, no entanto, registrou resultados positivos para o segmento. Foram emplacadas 131,2 mil motos no período, número 24,5% maior do que o verificado em novembro e 2,7% acima do registrado em dezembro de 2014. Após ter alcançado o patamar de quase 2 milhões de motos emplacadas em 2008, o segmento entrou em declínio em 2009, esboçou recuperação em 2010 e 2011, mas nos anos seguintes passou a acumular quedas consecutivas, devido especialmente à dificuldade de liberação de crédito com a alta da inadimplência no setor.
Fonte: Automotive Business