Venda de novos mantém ritmo previsto para janeiro

A primeira prévia de emplacamentos de automóveis e veículos comerciais leves no início de janeiro ficou dentro das previsões das montadoras: a média diária foi de 8.236 unidades, abaixo do resultado do mesmo período do ano passado (8.701 unidades), mas superior ao de 2007 (6.621 unidades).

O maior entrave à comercialização de novos é o encalhe dos automóveis usados, que em dezembro apresentaram queda de 11,8% na comparação com novembro de 2008. A informação é do jornal Valor. No acumulado de janeiro foram licenciadas 65.888 unidades.

Segundo a Gazeta Mercantil, as revendas independentes do estado de São Paulo venderam em dezembro 135.426 veículos, redução de 11,08% em relação a novembro de 2008, com volume de 152.299 negócios. Das vendas de dezembro, 70,4% foram de carros populares e 29,6% de demais categorias. Em relação aos carros populares a comercialização caiu 10,98% sobre novembro. Ainda segundo o Sindiauto, que reúne as revendas independentes paulistas, em dezembro 56% dos negócios foram financiados, ante 59% em novembro. O prazo médio do financiamento foi de 43 meses em dezembro contra 47 em novembro.

Fonte: Automotive Business