Venda de veículos avançou 9% no semestre

Sergio Reze-presidente da Fenabrave
As vendas de veículos em junho avançaram 4,65% em relação a maio, para 262.780 unidades. Os automóveis cresceram 5,21%, para 192.488 unidades; os caminhões recuaram 1,59%, para 12.993 unidades; e os ônibus venderam mais 7,97%, somando 2.276 unidades no mês.

O panorama foi diferente na comparação entre os meses de junho de 2010 e 2009:
– automóveis: menos 20,82%
– comerciais leves: + 17,90%
– caminhões: + 51,38%
– ônibus: + 28,30%

As vendas acumuladas no primeiro semestre do ano somaram 1.579.715 unidades, contra 1.449.603 unidades no mesmo período de 2009. Na mesma base, os automóveis subiram 3,32%, os comerciais leves 26,27%, os caminhões 54,57% e os ônibus 30,31%.

O presidente da Fenabrave, Sergio Reze, disse que os registros não foram diferentes das previsões da entidade. Para ele, o consumidor está tranquilo com os cenários econômicos e aproveitando as promoções.

As vendas de motos ainda derrapam. Em junho os emplacamentos somaram 138.647 unidades, recuando 3,62% sobre maio. Em relação a junho do ano passado houve um avanço de 3,19%. As vendas acumuladas no semestre, de 831.200 motos, ficaram 8,56% das registradas no mesmo período de 2009 – mas ainda estão longe de satisfazer a indústria. Reze explicou que os bancos ainda privilegiam o financiamento na compra das marcas mais tradicionais.

O presidente da Fenabrave não admite que o aumento na taxa básica de juros (Selic) tenha provocado impacto negativo sobre as vendas de veículos.

Fonte: Automotive Business