Venda de veículos importados sobe 61% em março ante fevereiro

                                             da Reportagem Local

As vendas de veículos das montadoras que fazem parte da Abeiva (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores) tiveram aumento de 60,7% em março (8.716 unidades) no confronto com o mês anterior, segundo os dados divulgados nesta quarta-feira pela entidade.

Já no comparativo com o mesmo período em 2009, quando o desempenho dos licenciamentos foi afetado pela crise econômica mundial, o crescimento foi de 245%.

Toyota suspende venda de Lexus nos EUA por risco de segurança
Automóveis devem ficar 7,8% mais caros neste ano, diz analista
Produção de veículos cresce 32,5% e bate recorde no mês e no ano

No primeiro trimestre (19.211 unidades), a expansão alcançou 198,3%%, em relação a igual intervalo no ano passado –os números não consideram as importações feitas por montadoras que têm fábrica no país e são representadas pela Anfavea.

Os dados levam em conta apenas o desempenho das atuais 22 associadas da Abeiva: Aston Martin, Audi, BMW, Chana, Chery, Chrysler, Dodge, Effa Changhe, Effa Hafei, Hafei Motor, JAC, Jaguar, Jeep, Jinbei, Kia Motors, Land Rover, Pagani, Porsche, Spyker, SsangYong, Suzuki e Volvo.

“Em março, todo o setor automotivo brasileiro foi muito bem. Os carros importados acompanharam a tendência de alta e com muita consistência, por terem uma gama bastante ampla de oferta, tecnologia e preços competitivos”, afirma José Luiz Gandini, presidente da entidade.

Ao considerar somente as 14 marcas que faziam parte da entidade em março de 2009, o crescimento nos emplacamentos foi de 194,37% nesse confronto anual, atingindo 7.424 unidades no mês passado. No primeiro trimestre (16.219 unidades), também nessa análise, houve aumento de 152,3%.

Fonte: Folha Online