Vendas de importados caem 45,3% em janeiro

 Foram emplacados pouco mais de 3,6 mil veículos no mês, aponta AbeifaREDAÇÃO ABAs vendas de veículos importados pela Abeifa – Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores – recuaram 45,3% em janeiro na comparação com idêntico mês do ano passado ao atingir volume de pouco maior que 3,6 mil unidades, de acordo com dados divulgados pela entidade. Sobre dezembro de 2015, quando as associadas licenciaram 4,9 mil unidades, a queda foi um pouco menor, de 25,3%. Segundo a entidade, o resultado do primeiro mês do ano reflete a mesma situação conjuntural que afetou o desempenho do mercado ao longo de 2015. Diante da incerteza dos cenários político e econômico, os consumidores continuam postergando suas compras e ponderando investimentos. Sobre os importados interferem de forma mais contundente a taxa de câmbio nos níveis atuais que continua impactando fortemente todas as atividades de importação. “O ano começa no mesmo ritmo de 2015, com queda nas vendas, sinalizando que o consumidor ainda permanece refratário a investir e aguardando sinais nítidos de que haverá melhora da economia”, declara presidente da Abeifa, Marcel Visconde. O desempenho da produção nacional de veículos das marcas associadas à Abeifa em janeiro também apresentou queda em relação ao mês de dezembro de 2015. As 634 unidades montadas por BMW, Chery e Suzuky produzidas no primeiro mês do ano representaram redução de 56,9 sobre igual mês do ano passado. Deste total, 390 unidades são dos modelos BMW Série 1, Série 3, X1 e X3. Os Chery Celer hatch e sedã somaram 89 unidades fabricadas em janeiro, enquanto o jipinho Suzuki Jimny teve 155 unidades produzidas.
Fonte: Automotive Business