Vendas de usados ficam estáveis em 2015

 Mercado fecha o ano com 13,3 milhões de veículos, aponta FenautoREDAÇÃO ABAs vendas de veículos usados encerraram 2015 com pouco mais de 13,36 milhões de unidades, entre leves, pesados e motocicletas, volume estável quando comparado com os 13,35 milhões transferidos no ano anterior, de acordo com dados divulgados na segunda-feira, 11, pela Fenauto, Federação Nacional das “Iniciamos o ano [2015] com um ritmo mais acentuado de crescimento, mas a evolução da economia nos últimos meses diminuiu esse ritmo. Ficamos satisfeitos por terminarmos 2014 com um resultado estável, já que outros segmentos da economia vêm enfrentando grandes dificuldades”, afirma em comunicado o presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos. Considerando a média das vendas por dia útil, houve crescimento de 1,2% em 2015: foram 53,4 mil veículos negociados nos 250 dias úteis do ano contra os 52,7 mil nos 252 dias úteis de 2014. Os modelos mais procurados ao longo de 2015 foram aqueles com até 3 anos de uso, cujas vendas subiram 33,6% sobre o ano anterior, com mais de 4 milhões de unidades. As demais faixas etárias registraram queda no ano. Os dados da entidade mostram queda de 1,9% das vendas de dezembro de 2015 contra as de igual mês do ano anterior, para 1,25 milhão. Já contra novembro, as transferências registrada em dezembro foram 20% maiores. Houve crescimento das vendas de comerciais leves usados com volume 2,5% maior no comparativo anual, para 1,38 milhões de unidades, enquanto as de automóveis caíram 1,2%, para 8,62 milhões, incluindo as vendas de SUV’s. Os comerciais pesados que incluem caminhões e ônibus sofreram queda de 3,6%, a maior entre todos os segmentos, ao encerrar o exercício com 338,8 mil unidades. O setor de duas rodas teve bom desempenho no fechamento de 2015 com incremento de 1,4% das vendas de motos usadas para pouco mais de 2,86 milhões de unidades.
Fonte: Automotive Business