Vendas de veículos mantêm ritmo de queda em dezembro

colaboração para a Folha Online

As vendas de veículos no país não acompanhou as expectativas otimistas da indústria automotiva e seguem em declínio em dezembro. Segundo reportagem de Paulo de Araujo publicada na Folha, na primeira semana deste mês, foram emplacadas 41.344 unidades no país (entre automóveis, caminhões e ônibus), contra 44.799 unidades na primeira semana de novembro, queda de 7,7%.

A reportagem afirma que as montadoras estão recorrendo aos feirões para tentar reverter a trajetória de queda, além de oferecerem taxas de juros subsidiadas e prazos mais longos.

A GM, por exemplo, realizou quatro feirões consecutivos nos últimos finais de semana, desde o dia 15 de novembro. Em tempos normais, a montadora promove um feirão a cada dois meses, segundo o gerente regional de marketing e vendas da montadora, Rodrigo Rumi.

As concessionárias também sacrificam seus lucros para atrair clientela e se livrar dos altos níveis de estoques. O gerente de vendas da Sonnervig (concessionária Ford), Ramon Valadares Carmina, disse que a rede teve de abrir mão de até 50% da margem sobre alguns modelos para turbinar as vendas e reduzir o volume de carros estacionados nos pátios.

Ainda assim, o presidente da Fenabrave (associação das concessionárias), Sérgio Reze, prevê que as vendas só devem apresentar resultado positivo no país a partir de março.

Fonte: Folha online