Vendas de veículos usados crescem 7,2% em 2014

Segmento de leves impulsiona mercado com alta
de 6,5% sobre 2013

REDAÇÃO AB

Ao contrário do mercado de
veículos novos, cujos emplacamentos caíram 7,1% em 2014 leia
aqui, as vendas de veículos
usados
cresceram 7,2% sobre o ano anterior, com a transferência de 10,4
milhões de unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, de
acordo com dados da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de
Veículos Automotores Fenauto. Por sua vez, a Federação Nacional da
Distribuição de Veículos Fenabrave, que também computa o mercado de usados,
calcua que foram repassados 2,7 usados para cada modelo novo emplacado no ano
passado.

Considerando todos os segmentos – incluindo duas rodas e implementos
rodoviários – os negócios no setor de usados se elevaram em 6,9% no ano passado
contra o anterior, para um total de 13,3 milhões de unidades usadas negociadas
em todo o País.

O crescimento foi puxado pelo segmento de veículos leves, que com 10 milhões de
unidades superou em 6,5% o desempenho do setor de usados em 2013. Por outro
lado, caminhões e ônibus registraram queda anual de 2,3%, para 368,1 mil
unidades. Implementos rodoviários acompanharam o ritmo desencadeado e fecharam
o ano com retração de 25,8%, para 66,5 mil reboques.

Já o setor de duas rodas confirmou alta de 9,8% das vendas de motocicletas
usadas em 2014, para o total de 2,8 milhões de unidades.

Para Ilídio dos Santos, presidente da Fenauto, a tendência de crescimento
também deve continuar em 2015: “Percebemos esse movimento há alguns meses, de
forma constante e progressiva. Está bem claro para nós que o consumidor está
procurando oportunidades mais vantajosas para a compra de veículos. Por isso
vem optando pela escolha de seminovos que oferecem praticamente os mesmos
benefícios de um carro novo, mas com custos menores e até garantias originais,
em alguns casos. Essa procura cada vez mais por seminovos deve se expandir
neste ano, já que a oferta de crédito e financiamento para a aquisição de
veículos seminovos também deverá aumentar. Estamos otimistas com isso”, afirma.

A entidade destacou o aumento dos negócios na Região Nordeste, que apresentou
crescimento de 13,2%, para 1,9 milhão de veículos.
O modelo leve usado mais vendido em 2014 continuou a ser o Volkswagen Gol,
cujas transferências somaram mais de 1,14 milhão de unidades, seguido pelo Fiat
Uno, com 682,2 mil.

Fonte: Automotive Business