Vendas do Nano caem 85% em novembro


A venda de apenas 509 unidades do Nano no mercado indiano em novembro acendeu a luz vermelha na Tata, informa a Bloomberg. Este número representa uma queda de 85% em relação a novembro do ano passado e marca o pior mês de vendas do modelo, que começou a ser vendido em junho de 2009.

Para o CEO Carl-Peter Forster, o problema está na dificuldade de crédito enfrentada pelos possíveis compradores. Para isso, a Tata estaria negociando com bancos locais a criação de linhas de créditos diferenciadas para os consumidores de baixa renda.

O problema, no entanto, pode não ser apenas este. Segundo o analista Mahantesh Sabarad, ouvido pela Bloomberg, os casos de incêndio afetaram negativamente a imagem do carro. E, mesmo com as alterações anunciadas pela Tata nos sistemas elétrico e de escapamento para evitar novos incêndios, esta imagem demorará a se desfazer na cabeça do consumidor.

Fábio Almeida
Fonte: Auto Estrada