Vendas mundiais da Audi AG sobem 19,5% em maio

Vendas do Audi Q5 subiram 27,7% em maio      Ao todo, foram 113,4 mil unidades comercializadas no período.
No acumulado do ano, o volume já soma 535,4 mil carros, diz companhia.

Do G1, em São Paulo
(Foto: Divulgação)

As vendas mundiais da Audi AG somaram 113,4 unidades em maio, o que representa aumento de 19,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano, o volume já soma 535,4 mil unidades, aumento de 17,5% na comparação com o período entre janeiro e maio do ano passado.

Na Alemanha, o aumento foi de 18,4%, elevando o total para 23.401 carros vendidos, e na China, a comercialização de unidades aumentou em 44,6%. As vendas também cresceram nos outros países do Bric, ao lado da China.

“Estendemos a capacidade da nossa linha de produção na cidade chinesa Changchun, e agora somos capazes de fabricar 300 mil carros por ano na região”, afirmou em nota o vice-presidente mundial de Marketing e Vendas da Audi AG, Peter Schwarzenbauer.

De acordo com a companhia, de janeiro a maio foram vendidos 21.817 veículos importados na China, aumento de 76,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Somente em maio, a Audi exportou 5.147 carros para a China, um aumento de 137,7% se comparado a maio de 2010.
Na Rússia, as vendas da marca subiram 41%, para o total de 2.302 carros vendidos. Na Índia, houve aumento de 104% com total de 408 automóveis.

Nos Estados Unidos, a Audi teve avanço 13,6% em maio para 10.457 carros. Nos primeiros cinco meses do ano, a montadora dos quatro anéis aumentou em 15,1% as vendas unitárias no mercado americano em comparação ao mesmo período de 2010, atingindo um total de 45.858 carros.

De acordo com balanço da companhia, o bom desempenho em mercados como o francês (alta de 21,4%) e o italiano (crescimento 7,2%) foram responsáveis pelo aumento de 12,1% nas vendas totais na Europa, o que representou 65,4 mil carros. “No entanto, o fator que mais estimulou o progresso na região foi o salto de vendas na Alemanha, impulsionado principalmente pela venda do Audi A1, o novo A6 Sedan e o contínuo sucesso do Audi Q5”, diz o balanço.

As vendas mundiais do Q5 cresceram 27,7%, em maio, para 145,6 mil unidades, em parte graças à produção CKD na China, com crescimento global nos primeiros cinco meses de 26,7%, para atingir um total de 70,7 mil unidades vendidas. As vendas do Q7 subiram 41,8%, em maio, para 5 mil unidades; de janeiro a maio a Audi vendeu 23,1 mil unidades, 46,7% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

“O segmento de modelos SUV está crescendo – praticamente em todo o mundo. Isso nos dá motivos para sermos otimistas sobre as perspectivas do Audi Q3, que traremos para o mercado no quarto trimestre deste ano”, destacou Peter Schwarzenbauer.

Brasil
A Audi Brasil registrou aumento de 109% nas vendas no mês passado, comparando com maio de 2010. De janeiro a maio de 2011, a expansão chega a 36%, se comparado com o mesmo período do ano passado.

Fonte: Auto Esporte