Visteon pede concordata nos EUA

A Visteon Corporation, uma das maiores fabricantes de autopeças do mundo, anunciou hoje ter entrado com pedido de concordata nos Estados Unidos. No processo, a empresa informa ter dívidas no total de US$ 5,3 bilhões e patrimônio equivalente a US$ 4,58 bilhões.
Segundo a legislação americana, empresas em concordata pelo chamado Chapter 11 tem um prazo para quitar suas dívidas sem correrem o risco de ter a falência pedida por seus credores.

A Visteon já foi controlada pela Ford e, desde que deixou o grupo, há nove anos, não registrou mais lucros. A Ford, que continua sendo uma das maiores clientes da Visteon e está ajudando a empresa em seu processo de reestruturação e assumiu uma dívida de US$ 163 milhões que a Visteon estava tendo dificuldades para renegociar.

Segundo o comunicado da Visteon, as subsidiárias da empresa fora dos Estados Unidos não estão incluídas na concordata. No Brasil, além de um centro técnico em São Paulo, a empresa tem fábricas em Camaçari, na Bahia (junto à fábrica da Ford), Guarulhos (SP) e Manaus (AM).

JM

Fonte: Auto Estrada