Volks diz que sairá da crise do mercado em posição mais forte

Da AE

A Volkswagen do Brasil vai enfrentar melhor do que seus concorrentes no País a crise econômica atual, afirmou o executivo-chefe da unidade, Thomans Schmall, em entrevista à agência Dow Jones.
Segundo ele, a companhia “vai sair da crise do mercado numa posição mais forte”. Ele acrescentou: “Temos uma boa chance de aumentar nossa fatia de mercado no segmento de carros de passageiros no ano que vem”.
Para ele, no segmento de veículos comerciais leves, devemos ter de fazer alguma coisa do lado da produção antes.
“Apesar da atual debilidade do mercado, o potencial de crescimento no médio e longo prazos no Brasil ainda é significativo”, disse ele. As vendas de veículos no Brasil caíram 19% nas primeiras duas semanas de novembro em comparação com o registrado em igual período do ano passado. Mas o executivo disse que o mercado automobilístico brasileiro ainda está posicionado para se sair melhor do que o esperado este ano. “Vamos superar o crescimento de 6% do mercado que planejávamos para este ano. As próximas semanas mostrarão em quanto”, disse ele.
Segundo o executivo, a empresa vai “rever a situação do mercado novamente em janeiro” e ajustar seus planos para 2009 de acordo.
O executivo afirmou também que a Volks ainda planeja investir R$ 3,2 bilhões no Brasil entre 2007 e 2011.

Fonte: O Estado de São Paulo