Volkswagen apresenta novo Passat chinês


Sedã ganhou novo visual e maior distância entre-eixos

Carlos Guimarães

A Volkswagen acaba de mostrar a nova geração do Passat vendido na China, onde acontece o Salão de Xangai, até o próximo dia 28. O carro é o modelo mais vendido do segmento de sedãs, herdeiro do conhecido Santana, no Brasil. No novo três volumes chinês, a distância entre-eixos é 9,1 centímetros maior, o que teve atrair executivos que têm motoristas particulares.

Como o Passat chinês ficou maior, a fabricante resolveu dar mais fôlego ao motor, um 1.8 turbo que passou de 150 cavalos para 163 cv. Mas as versões 2.0 e V6 2.8 não passaram por mudanças. Além disso, o consumo de combustível ficou 10% menor. Sobre a mesma plataforma desse Passat, a Skoda vai lançar o sedã Superb na China, até o fim do ano.

Sedã está exposto no Salão de Xangai
Fonte: Auto Esporte