Volkswagen pode adquirir a SsangYong


Grupo alemão pode se valer da aliança com a chinesa SAIC na aquisição

Thiago Vinholes

A fome do Grupo Volkswagen parece não ter fim. Não contente com a fusão com a Porsche, além de possuir um vasto leque de marcas, que inclui Audi e Scania, a empresa também demonstrou interesse na compra de parte da Suzuki, e agora pode ampliar seu conglomerado com a aquisição da fabricante sul-coreana SsangYong, segundo apurado pela agência automotiva GasGoo.

O processo de aquisição pode envolver o grupo chinês Shanghai Automotive Industry Corporation (SAIC), que detém 51% das ações da Ssangyong e que a mais de 20 anos mantém uma aliança com a Volkswagen na China. A marca coreana, atualmente em concordata, é obrigada pelo governo do país asiático a se desvencilhar da SAIC, que terá que reduzir sua participação a apenas 11,2%. É neste ponto que entra a VW.

Mirando uma expansão de pontos de apoio na Ásia, o grupo Volkswagen vem se desdobrando para tal. Com a aquisição de parte das ações da Ssangyong, o grupo alemão teria um pólo de produção de baixo custo com capacidade anual de 250 000 automóveis, o que lhe permitiria aumentar suas atividades nos crescentes mercados da Índia e China, além de ter acesso a novas tecnologias da marca coreana de baterias para o desenvolvimento de carros elétricos.

Fonte: Terra Carro Online