VW se prepara para superar Toyota até 2018

A Volkswagen planeja tomar da Toyota o posto de maior montadora do mundo dentro dos próximos 10 anos. O principal plano da marca para alcançar esta meta é conquistar o mercado dos Estados Unidos. Documentos conseguidos pelo jornal alemão Automobilwoche revelam as metas da marca, que foram definidas em uma estratégia batizada “Strategy 2018”.

Segundo os papéis, a VW irá dobrar o número de veículos exportados para os Estados Unidos dentro da próxima década, saltando dos atuais 397.500 para 795 mil unidades por ano. A montadora planeja construir novos produtos específicos para os norte-americanos.

Dois modelos já estão sendo estudados pela VW, e serão lançados até 2010. Um deles é o NCS, um sedã compacto mais comprido que o Jetta (Bora) e que cederá sua plataforma para a nova geração do modelo, atualmente produzido no México. O novo sedã será criado para atender a demanda dos clientes norte-americanos por carros mais espaçosos e, segundo os documentos, deverá atingir 160 mil unidades por ano.

O segundo, tratado por NMS, trata-se de um novo sedã médio com menos características tecnológicas, tornando-o mais simples e barato do que as opções atuais da marca, como o Passat. A meta da VW para o projeto é de 120 mil unidades por ano.

Em entrevista ao jornal, um executivo da marca que não quis se identificar apontou também o plano da VW em construir uma nova fábrica nos Estados Unidos para proteger-se do fortalecimento do euro e evitar a sobrecarga de sua atual unidade em Puebla, no México.

Da redação Autoesporte

Fonte: Auto Esporte-online