VW voltará a ser líder, aposta executivo

Paulo Sérgio Kakinoff
Carro Online conversou com o responsável da marca para a América do Sul

Em pouco tempo ele desenvolveu uma carreira de sucesso na Volkswagen, onde ingressou com 22 anos como trainee, e hoje trabalha diretamente na matriz da fabricante alemã tendo como responsabilidade cuidar dos modelos que serão vendidos nos países da América do Sul. Seu nome é Paulo Kakinoff e, nesta quarta-feira (29), ele concedeu um rápido bate-papo com o portal Carro Online. Confira os principais tópicos:

Liderança

“Se somarmos os modelos atuais da linha VW com os que estamos apresentando no Salão e nossa rede de concessionários, podemos dizer que a marca está com tudo para se tornar a nova líder do mercado brasileiro”. Foi com essa frase que Kakinoff demostrou seu otimismo em relação às operações brasileiras da marca. O executivo também comentou que, para o próximo ano, a marca já tem programados 16 eventos, dentre o lançamento de novos veículos e a introdução de versões inéditas.

Importados

Com relação à importação do conversível Eos, do utilitário esportivo Tiguan e do luxuoso Passat CC, Kakinoff destacou que o objetivo da montadora não é meramente acrescentar mais valor à sua imagem, mas brigar em segmentos ainda não explorados por ela. O único entrave é a questão cambial, já que a decisão de trazer esses veículos ao Brasil foi tomada com o dólar ainda na casa dos R$ 2,00, portanto sem as oscilações de valor geradas pela crise financeira global.

De acordo com o executivo, se esse valor beirar os R$ 2,40, a operação “fica complicada” não só para a Volks como para as concorrentes. Apesar de não informar o preço, pelo menos com relação ao Tiguan Kakinoff explica que seu alvo serão modelos como o recém-lançado Chevrolet Captiva e versões mais equipadas do Hyundai Tucson, por exemplo. Logo, o Tiguan será a investida da marca para um segmento que tem crescido muito no Brasil, o dos SUVs de luxo.

Mercado

Com a gama mais completa, Kakinoff destaca que, dos 19 modelos expostos pela VW no Salão, apenas dois ainda não podem ser adquiridos: a picape média até o momento chamada de Pick-up Concept (que, em 2009, começará a ser fabricada na Argentina e vendida também no Brasil, onde provavelmente receberá o nome Robust) e o conceito Space up! Logo, a estratégia da fabricante no Brasil será diversificar a gama e apostar no sucesso dos novos Gol e Voyage.

César Tizo

Fonte: Terra Carro online (29/10/2008)