Audi mostra o esportivo e-Tron GT em Los Angeles

Audi e-tron GT

O designer da Audi Marc Lichte começou o vídeo de apresentação do e-Tron GT dizendo que ele é a cara da nova Audi, com muita tecnologia e design. Ele tem razão.

O modelo, que ficará entre o R8 e o TT quando for lançado em 2020, tem muitos elementos de estilo que serão usados em futuros carros da marca. O que é otimo – afinal, ele é lindo. Mas é a eletrificação que chama atenção.

Enquanto outras fabricantes estão apostando apenas em SUVs elétricos, a Audi chega com um esportivo que vai de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos. Isso é fruto dos 590 cv gerados pelo motor elétrico.

Fora isso, ele tem um sistema de carregamento super rápido que recupera 80% da potência da bateria em 20 minutos. A autonomia de 620 km também impressiona.

Além do e-tron GT, a Audi também anunciou o e-Tron Sportback para o ano que vem. Este será praticamente um fastback com porte pouco superior ao do A3 Sedan.

 

Salão de Los Angeles

Há alguns anos, o evento automotivo da Califórnia vem tirando espaço do Salão de Detroit como mostra mais importante dos Estados Unidos.

Marcas como a Porsche já vêm priorizando a feira da Costa Oeste, em movimento que começou há dez anos, quando explodiu a última grande crítica do país mais importante da América do Norte.

Para dar o troco, o Salão de Detroit está de mudança. Em 2019, será realizado pela última vez no gelado mês de janeiro. A partir de 2020, passará a ocorrer em junho, em data que vai coincidir com o Grande Prêmio de Fórmula Indy na cidade.

O objetivo é atrair novamente a atenção do público e das montadoras estrangeiras para Detroit, que ficou mundialmente conhecida como “capital do automóvel”.

O JORNALISTA VIAJOU A CONVITE DA PORSCHE