Novo carro mais barato da VW, Polo Track substituirá Gol, Up e Fox

Fonte / Quatro Rodas

Em decisão surpreendente, a Volkswagen não só confirmou a produção do novo Polo Track como garantiu que será esse seu modelo de entrada no Brasil. Desse modo, o hatch assumirá o posto de “carro popular” da VW no país ainda em 2021.

A confirmação veio do diretor de finanças da Volkswagen, Alexander Seitz, que garantiu a inédita versão aventureira como carro de entrada para o mercado nacional. Ainda de acordo com Seitz, a decisão faz parte da estratégia de compensar expectativas 30% menores para o Brasil em relação à média global no que tange à retomada pós-pandemia.

A produção do Polo Track já havia sido anunciada no ano passado, mas pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau). Entre outros acertos trabalhistas, ficou definido que o Track será fabricado exclusivamente na planta do Vale do Paraíba, hoje responsável pela produção do Gol e do Up.

Um dos ponto citados por Seitz ajustes na capacidade produtiva por meio de turnos de trabalho reduzidos foi aplicado na semana passada de maneira drástica, com a interrupção das plantas da VW no Brasil. A companhia, entretanto, justificou apenas questões sanitárias na tomada de decisão.

O nome do Polo Track até gerou especulações de que se tratava de uma versão “aventureira” do hatch notório por sua ampla gama de modelos que vão de R$ 63.490 (1.0 MPI) a R$ 114.890 (GTS).

A verdade, entretanto, é que o Track focará na economia e terá preço inicial ao redor do que é praticado pelo Fox 1.6 Connect (R$ 58.190), Up! Xtreme 170 Tsi (R$ 61.290) e pelo lendário Gol 1.0 (R$ 57.030).

 

A opção se deve, principalmente, à necessidade de que veículos novos tragam itens de segurança como controle de estabilidade. Em vez de modernizar projetos antigos, a VW parece ter optado por um Polo humilde, que oferece ESC mas economiza onde dá para manter o preço abaixo dos R$ 60.000.

Esse preço seria praticado com o mesmo motor 1.0 de 84 cv da atual versão de entrada. Contudo, o Polo Track também poderá ser equipado com o motor 1.6 16V de 120 cv, com câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis.

Novos equipamentos? Só no Polo reestilizado

Novo VW Polo 2022

Dianteira do novo Polo terá novo para-choque e faróis redesenhadosOs caprichos estéticos seriam um jeito de disfarçar que o Polo Track não seguirá a reestilização do Polo prevista para a linha 2022. A estratégia será, justamente, enviar o ferramental do Polo mais antigo para Taubaté e produzir o novo em São Bernardo do Campo (SP).

A fabricante alemã se preocupa em não deixar que as novidades do modelo inspirado no Golf contrastem com o Track e seu design de 2017.

Entre os novos equipamentos estarão a central multimídia VW Play de 10 polegadas, que estreou no Nivus, e assistentes de condução avançadas, como o piloto automático adaptativo (ACC) e a frenagem autônoma de emergência.

O Polo reestilizado será vendido apenas com motores turbo: o 1.0 TSI de 128 cv e 20,4 kgfm nas versões Comfortline e Highline, e o 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm na versão GTS.